Museu Britânico


O Museu Britânico, ou British Museum, localizado na área de Bloomsbury em Londres, Reino Unido, é uma instituição pública dedicada à história, arte e cultura humanas. A sua coleção permanente, com cerca de 8 milhões de obras, é uma das maiores e mais abrangentes atualmente.


Entrada do museu

Em 2016 o Museu Britânico ganhou pelo 10º ano consecutivo como a atração turística mais popular do Reino Unido. É um dos museus que recebe mais visitantes, ocupando sempre a 1ª posição como museu mais visitado do Reino Unido e variando entre 3º e 6º museu mais visitado do mundo: só em 2015 foram 6.820.686 visitantes!


O museu foi estabelecido em 1753, com base principalmente nas coleções do médico e cientista Sir Hans Sloane, tendo aberto pela primeira vez ao público em 15 de janeiro de 1759, em Montagu House, no local do edifício atual. A sua expansão nos dois séculos e meio que se seguiu foi em grande parte resultado da expansão da colonização britânica e resultou na criação de vários "anexos", sendo o primeiro o Museu Britânico de História Natural em Kensington do Sul em 1881 (atualmente chamado simplesmente de Museu de História Natural e independente do Museu Britânico). Outra mudança foi a separação da Biblioteca Britânica, que mudou para um prédio próprio próximo a St. Pancreas por necessidade de um espaço maior para os livros. Antigamente a biblioteca tinha sua coleção dentro do museu em uma sala de leitura que atualmente é utilizada para outros fins.



O Museu Britânico abriga objetos de todos os continentes, ilustrando e documentando a história da cultura humana de seus primórdios até o presente. Possui uma impressionante coleção de objetos do Egito Antigo, a maior fora do Egito!


Talvez a peça mais famosa do museu seja a Pedra Roseta, uma pedra de granito do Antigo Egito, descoberta em Roseta, cujo texto foi crucial para a compreensão dos hieróglifos egípcios. O texto consiste de um decreto promulgado em 196 a.C., na cidade de Mênfis, escrito em três parágrafos com o mesmo texto: o superior está na forma hieroglífica do egípcio antigo, o trecho do meio em demótico, variante escrita do egípcio tardio, e o inferior em grego antigo. Mas a ampla coleção egípcia do museu ainda conta com esfinges, sarcófagos e múmias entre outros.



Além de sua vasta coleção de objetos egípcios, o museu ainda possui incríveis coleções das americas, África, Ásia, Europa, Oriente Médio, Grécia e Império Romano. Entre algumas peças particularmente impressionantes estão uma Moai, uma daquelas estátuas colossais da Ilha da Páscoa e esculturas do Partenon, o principal templo da Acrópole, em Atenas. Mas igualmente interessantes são máscaras astecas, relevos assírios, esculturas romanas, totens, armaduras samurais, esculturas maias e muitas outras!


Muitos dos artefactos da sua coleção estão armazenados nos depósitos situados nos porões do museu, por conta da falta de espaço para mostrá-los. Assim como muitos outros museus e galerias no Reino Unido, o Museu Britânico tem entrada gratuita (mas uma doação de 5 libras é apreciada), exceto no caso de algumas exposições temporárias especiais. Ele também conta com um serviço educativo responsável por apresentações didáticas da colecção para escolas, famílias e adultos. Além de tudo isso ele ainda oferece um curso de pós-graduação sobre arte clássica e decorativa da Ásia!



Parada obrigatória em uma visita a Londres!


Site oficial: http://www.britishmuseum.org


Quer que a gente comente sobre algum lugar? Conta pra gente!


#museu #Inglaterra #ReinoUnido #Londres

0 visualização
Siga nossos canais
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

atendimento@agranderota.com.br

© 2020 AGR Agência de Viagens e Turismo Ltda

Avenida Paulista, 807 - cj 2315 - São Paulo, Brasil

CNPJ 30.517.872/0001-92